Vice-governador visita Iamspe e se reune com a CCM

WhatsApp Image 2019-04-02 at 16.21.15(2)

Vice-governador visita Iamspe e se reune com a CCM

Nesta terça (2), o vice-governador do Estado e secretário de Governo, Rodrigo Garcia, visitou o Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual. Na oportunidade ele se reuniu com diversos setores da instiuição e do Hospital do Servidor Público Estadual – Francisco Morato de Oliveira. A Comissão Consultiva Mista do Iamspe, Plenária de Entidades do funcionalismo que milita em prol do Instituto, foi recebida por Rodrigo Garcia e pelo superintendente Wilson Pollara em reunião.

No encontro protocolar, o presidente estadual da CCM Iamspe, professor Guilherme Nascimento (Centro Associativo dos Profissionais de Ensino do Estado de São Paulo – Capesp) fez uma breve apresentação sobre a Comissão e encaminhou um documento com as principais reivindicações dos representantes dos servidores, inclusive do próprio Instituto, como a contribuição paritária do Governo com a instituição e a urgente necessidade de constituir um Conselho de Administração – Deliberativo, Fiscal e Paritário, além de problemas e reclamações sobre atendimento, sobretudo no que tange à marcação de consulta, a realização de exames e o atendimento no Pronto Socorro.

A nova Lei do Iamspe, em tramitação na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (PLC 52), também foi abordada na reunião. O secretário disse que o Governo avalia que a nova lei permitirá resolver vários problemas do Iamspe, mas que ainda é preciso analisar vários pontos. Garcia disse ainda que quando se trata de discutir o futuro do Iamspe é preciso separar a ilusão da esperança e destacou a importância do diálogo. “E o Pollara é o mediador deste diálogo”, finalizou.

O presidente da Associação dos Escreventes Técnicos Judiciários do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (AECOESP), Sylvio Micelli, participou da reunião, na condição de coordenador da Grande São Paulo da CCM Iamspe. Defendeu a urgência na aprovação do PLC 52 “que não é o melhor dos mundos”, mas que possibilitará oxigenar a instituição. Questionou do vice-governador, ex-deputado estadual como ele observava o novo Legislativo recém-empossado. “Houve uma mudança bem grande. Então temos que tomar algumas medidas como conversar sobre o projeto com esses novos parlamentares e realizar uma audiência pública para explicar no que a aprovação do projeto trará melhores ao Instituto”, concluiu.

Segundo avaliação da Mesa Diretora e Coordenadorias da CCM Iamspe, o vice-governador se mostrou atencioso e aberto ao diálogo. Independente da reunião, a CCM entende que deve continuar com o trabalho na Assembleia Legislativa e intensificar o debate nas diversas regiões do Estado cobrando um atendimento médico digno.

No período da tarde, membros da CCM Iamspe participaram de reuniões na Alesp, relacionadas ao tema saúde.

ASCOM AECOESP com informações da ASCOM IAMSPE
Fotos: Arquivo AECOESP

aecoesp #trabalhoaecoesp #somostodosaecoesp #somostodosescreventes #escreventes #escreventesp #judiciário #funcionalismo #serviçopúblico #servidorpúblico #tjsp #associese #redessociais #facebook #instagram #youtube #temporeal #informação #seguelá #somostjsp #trabalhoaecoesp #brasília #saúde #iamspe #ccmiamspe #plc52alesp #apeoesp #novoiamspe

Outros Posts

Notícias

ABRAÇO AO IAMSPE

aecoesp #somostodosaecoesp #somostodosescreventes #escreventes #escreventesp #judiciário #funcionalismo #serviçopúblico #servidorpúblico #tjsp #associese #redessociais #facebook #instagram #youtube

Saiba Mais »

Contato

Faça seu recadastamento

Agradecemos sua visita em nosso site

Logo 51 anos 400

Volte em breve

Localização

Quem Somos

A Associação dos Escreventes Técnicos do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo foi fundada em decorrência das necessidades dos Escreventes e de todos os funcionários do Judiciário paulista, de ter uma entidade forte, independente e combativa que os representassem e defendessem diante dos poderes constituídos, que encampasse uma luta por melhores condições de trabalho, salários e visasse uma preparação profissional para que os servidores pudessem melhor atender os usuários da justiça.

Por outro lado pensava também em fundar uma entidade que fosse capaz, de socorrer seus associados em situações emergenciais, facilitando-os na aquisição de remédios, mantimentos, assistência jurídica, odontológica, médica e maior entrosamento entre os servidores, através de atividades esportivas, proporcionando ainda cursos e viagens de turismo, visando sempre o desenvolvimento intelectual e profissional de seus sócios.

Foi exatamente para atender estes anseios, que alguns escreventes após várias reuniões e encontros decidiram no dia oito de março de 1968, no auditório do tradicional Clube Piratininga, na Rua Formosa, fundar finalmente a Associação dos Escreventes dos Cartórios oficializados, daí portanto a necessidade de se ressaltar o nome Cartórios Oficializados.

Os tempos mudaram e a realidade hoje é outra, os desafios e as dificuldades aumentaram, e a necessidade de interagir com os funcionários do Judiciário, bem como todos os usuários da justiça e da sociedade como um todo também. Foi exatamente pensando nisto que a atual diretoria empossada em 1 de janeiro de 2006, propôs em assembleia da categoria, e foi aprovada por unanimidade a adequação do nome para Associação dos Escreventes Técnicos Judiciários do Tribunal de Justiça de São Paulo, e também criação de orgãos de divulgação visando informar a todos sobre a atuação, participação e lutas que esta entidade vem empreendendo juntamente com outras entidades representativas do judiciário e funcionalismo público mas também de assuntos que envolvem toda a sociedade, de forma clara, livre e independente de qualquer conotação político-partidária como também ideológica.

Equipe

Sylvio Micelli

Sylvio Micelli

Presidente

Marisa Juliano

Marisa Juliano

Tesoureira

Formulário de Associação

Formulário de Contato

Whatsapp

Messenger

Enviar Email

Ligar